Arthur fala de pressão dos empresários para reajustar a passagem de ônibus

Amazonianarede – Redação

Manaus – O primeiro gargalo da administração do prefeito Arthur Neto na surge de um setor que há muito não agrada a população e sempre foi um grande problema para as administrações do município, o transporte coletivo, que exige muito e quase não oferece nada em troca.

Ontem o prefeito Arthur Neto na reunião que manteve com o secretariado, fez questão de o grave problema do transporte de massa na cidade, que continua muito problemática e sem atender aos anseios da população, que continua servida por um transporte coletivo de má qualidade.

Segundo o prefeito Arthur Neto, existem fortes pressões para o reajuste na passagem, por isso, logo no primeiro dia da sua gestão enfrentou uma paralisação de aproximadamente duas horas por parte de uma empresa, com a cobertura do sindicato da categoria.

CONSELHO ERRADO

Na mesma reunião Arthur Neto demonstrou muita indignação com alguns conselhos que foram dados aos empresários pela gestão anterior do ex-prefeito Amazonino Mendes, indicando o caminho da Justiça para materializar o reajusta, pois seguindo eles esse dispositivo consta da planilha e por isso, legal.

Arthur também mostrou sua indignação diante do conselho que teria sido dado aos empresários por técnicos da gestão anterior que trabalharam na planilha da tarifa para 2013.Indignado, Arthur afirmou: “Eles aconselharam os empresários a ingressar na Justiça, porque o reajuste é contratual e certamente esse foi um conselho mal dado, de quem não tem compromisso com Manaus e seu povo, frisou.

Arthur informou que os empresários do setor de transporte ainda não o procuraram e anunciou que se for necessário, vai solicitar ao governador Omar Aziz que reveja a isenção do ICMS.

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.