Águas do Solimões invadem ruas do centro de Manacapuru

Águas Solimões invadem ruas de Manacapuru
Águas Solimões invadem ruas de Manacapuru
Águas Solimões invadem ruas de Manacapuru

Manacapuru – O nível do Rio Solimões voltou a subir na cidade de Manacapuru – a 84 quilômetros de Manaus. Na sexta-feira (1º), o rio atingiu marca de 19,27m. Com a subida das águas, a população já sente os reflexos dos prejuízos causados. Esse pode ser o quarto ano consecutivo em que produtores da várzea perdem 100% da plantação.

Os bairros mais próximos à orla são os mais prejudicados. A prefeitura do município já construiu mais de 1 Km de pontes nas áreas afetadas. A única forma de transitar é enfrentando as águas ou pelas passarelas.

As constantes chuvas que caem no município têm contribuído para a cheia. Na rua do porto da cidade, a força das águas causou danos ao sistema de esgoto, que desmoronou e abriu uma cratera no local. A cheia também ameaça a produção rural da cidade.

Cheia do Amazonas

Em todo o Amazonas, 19 municípios estão em estado de emergência em decorrência da cheia que atinge o estado neste ano. Na calha do Rio Juruá os municípios afetados são: Itamarati, Guajará, Ipixuna, Envira e Juruá. Na calha do Rio Purus, Canutama, Tapauá, Carauari, Pauini e Lábrea sofrem danos causados pela cheia. Atalaia do Norte, Benjamin Constant, Tabatinga, Amaturá, Santo Antônio do Içá, São Paulo de Olivença e Tonantins situados no Alto Solimões também estão em situação de emergência por causa do avanço das águas.

Conforme a Desefa Civil Estadual, 110.610 pessoas de 22.116 famílias foram afetadas pela cheia dos rios neste ano. Em todo o Amazonas já foram distribuídos 363 toneladas de alimentos não perecíveis, além de medicamentos, materiais para purificação da água (filtros e hipoclorito de sódio) e kit’s dormitório (colchões, redes e mosquiteiros). Instituições públicas e empresas doaram parte dos mantimentos. O governo do estado repassou R$ 1.200.000 as prefeituras de quatro municípios.

Amazoninarede-Sistema Rede Amazonica

 

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.