Agricultura familiar do Amazonas terá aporte de R$ 20 mi

Amazonianarede – DFMDA

Manaus – O delegado federal do Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA) no Amazonas, Cloves Pereira, disse que estão contratados os serviços de assistência técnica e extensão rural para as famílias de agricultores com renda mensal inferior a R$ 70,00 por pessoa, em extrema pobreza.

Serão investidos mais de R$ 20 milhões no Amazonas para atendimento de mais de 9 mil famílias de agricultores familiares, indígenas e quilombolas.

Os técnicos indígenas receberam motos, lanchas e equipamentos para promover o desenvolvimento da agricultura indígena em 19 municípios. A aquisição ocorreu a partir de convênio do Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA) com a Secretaria de Estado da Produção Rural (Sepror), por meio do Programa de Agricultura Indígena.

“Em sintonia com os investimentos na assistência técnica e extensão rural temos apoiado os territórios na implantação de infraestrutura. O que tem acontecido é que o Estado demora muito no processo de entrega dos equipamentos”, reclamou o delegado federal do MDA, Cloves Pereira.

A queixa diz respeito aos recursos do Programa de Apoio a Projetos de Infraestrutura e Serviços (Proinf) do MDA, que repassou mais R$ 9 milhões para a Sepror, do comunista Eron Bezerra. Nenhum contrato conseguiu ser finalizado, isto é, parte significativa não iniciou.

O Proinf é uma ação orçamentária de responsabilidade da Secretaria de Desenvolvimento Territorial (SDT/MDA), integrante do Programa Desenvolvimento Regional, Territorial Sustentável e Economia Solidária (PPA 2012/2015) e tem a finalidade de financiar projetos estratégicos para o desenvolvimento territorial definidos no Plano Territorial de Desenvolvimento Rural Sustentável (PTDRS) e priorizados pelos territórios.

(Alex Ximango) 

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.